Cinco novos talentos

Concurso Jovens Dramaturgos

No dia 22 de novembro, a partir das 19h, a Escola Sesc de Ensino Médio promove o lançamento da publicação Jovens Dramaturgos 2017, que contém os cinco textos vencedores da sétima edição do Concurso Jovens Dramaturgos. O evento ocorre no Espaço Cultural Escola Sesc, com entrada gratuita.

Na ocasião, haverá distribuição da publicação e leitura encenada dos textos. As apresentações serão feitas por quatro ex-alunos da Escola Sesc – Eliane Carmo, Guga Wanderley, Nicole Houly e Pedro Bento – e pelos integrantes do grupo Os Arteiros, Iago Pires e Giovanna Rocha. A direção é do ator Emílio de Mello.

O Concurso Jovens Dramaturgos é uma iniciativa da Coordenação Geral de Cultura da Escola Sesc de Ensino Médio e visa, principalmente, incentivar a produção dramatúrgica de brasileiros e brasileiras com idades de 15 a 27 anos, promovendo o protagonismo juvenil e o desenvolvimento de novos talentos artísticos em todo o país.

Este ano, foram recebidos textos oriundos de todas as regiões do Brasil. Ao todo, 89 inscrições foram realizadas, sendo cinco da Região Norte, 21 do Nordeste, nove do Centro-Oeste, 46 do Sudeste e oito do Sul do país.

Os textos foram analisados por duas comissões: uma interna, composta por representantes da Coordenação Geral de Cultura da Escola Sesc, e uma externa, formada pela atriz Claudia Ventura, pelo dramaturgo e diretor João Cícero, pela atriz e professora Mariana Barcelos, pela coordenadora de Artes Cênicas do Sesc Pernambuco, Rita Marize, e pelo assessor técnico de Artes Cênicas do Departamento Nacional do Sesc, Vicente Pereira.

Os textos selecionados para compor a publicação foram Xeque-Mate (de Leonardo de Castro, do Mato Grosso do Sul), A próxima parada é o sujo (de Giovani Arceno, de Santa Catarina), O braço do pai (de Rafael Barbosa, do Ceará), O caso Vânia (de Guilherme Teixeira, do Rio de Janeiro) e Se fosse setembro também seria saudade (de Elisa Lemos, de Sergipe).

De 22 a 25 de novembro, os jovens autores participam, na Escola Sesc, de oficinas de dramaturgia com nomes de destaque da cena teatral brasileira: Fabiano de Freitas, João Cícero, Marcia Zanelatto e Renata Mizrahi. O objetivo é contribuir para o desenvolvimento do talento dos autores iniciantes e a renovação da dramaturgia nacional. As oficinas são abertas ao público, com vagas limitadas (saiba mais).

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Cinco novos talentos

  1. Pingback: Literópolis 2017 | Espaço Cultural Escola Sesc

Os comentários estão encerrados.