Alegres Trópicos – 23/06 – Nova Lapa Jazz

Dia: 23/06 (sábado)

Horário: 18h30

Entrada e estacionamento gratuitos.

 

 

Nova Lapa Jazz é um grupo que surgiu com a proposta de democratizar o jazz no Rio de Janeiro. No início, algumas sessões de improviso eram realizadas no fundo de um boteco localizado na rua da Lapa, o qual funcionava embaixo de um prédio residencial.

A novidade musical do Nova Lapa Jazz – cujo nome se inspirou no boteco onde tudo começou – chamou rapidamente a atenção dos passantes, que interrompiam seus trajetos e ali paravam para ouvir. O movimento cresceu rápido, mas o público, que já chegava a 500 pessoas por noite, mal ouvia o som pela falta de infra-estrutra adequada. Pela necessidade de se fazer ouvir, o grupo Nova Lapa Jazz decidiu que tocaria na calçada a partir de então. Pretendia-se, com isso, que fosse possível a todos apreciar o som.

Com o auxílio das redes sociais, o grupo promoveu-se primeiramente entre os amigos, ganhando também, gradualmente, o apoio da mídia espontânea de grandes veículos de comunicação, como os jornais O Dia, O Globo e a TV Brasil. Tudo isso impulsionou o aumento do público, que, poucas semanas após a consolidação da banda, já girava em torno de mil pessoas.

Os shows eram mantidos por doações dos espectadores que depositavam suas contribuições em chapéus, prática comum de arrecadar fundos por artistas que se apresentam na rua.

O movimento, por ocasião das apresentações na Rua da Lapa, chegou a contar com o público recorde de quase 3 mil pessoas, transformando o lugar em uma arena de shows.

A crescente adesão do público tornava evidente a  inadequação do espaço. Era preciso encontrar um lugar que melhor aportasse o evento musical que, a cada quarta-feira, tornava-se mais e mais popular.

O novo espaço escolhido foi a Praça Albino Pinheiro, local de muita beleza, onde a arquitetura do Real Gabinete Português de Leitura e a faixada do prédio do Centro Cultural Carioca se encarregam de formar um belo cenário. É bom lembrar que, no passado, o lugar foi um importante ponto de encontro entre grandes compositores e músicos, tais como Noel Rosa e Pixinguinha. O novo palco fica ao lado do Teatro João Caetano, e próximo à Praça Tiradentes, recentemente reformada pela Prefeitura.

O evento do Nova Lapa Jazz está alinhado com o plano de valorização cultural e revitalização do Centro Histórico do Rio de Janeiro. Conquistou-se um público fiel que oscila, aproximadamente, entre 1000 e 2000 pessoas de diferentes classes sociais e faixas etárias  (em sua maioria jovens entre 20 e 30 anos), que se reúnem para escutar, em um ambiente de troca e descontração, as apresentações de jazz instrumental, que até então se restringiam a lugares privados e, quase sempre, custosos na cidade do Rio. O evento, também conhecido como Jazz de Quarta, cresceu e agora já se tornou uma das grandes novidades musicais da cidade nos anos de 2011 e 2012.

Estão em constante renovação, buscando informações que os levem a aperfeiçoar sua linguagem. O jazz para o grupo funciona como um estilo de vida, um conceito que os faz passear por inúmeras escolas e gêneros da música brasileira e internacional, como o choro, o samba, o funk, o rock, o reggae, a música indígena e a do Oriente Médio. Enfim, a pesquisa do Nova Lapa Jazz resulta em grande mistura que propõe também uma renovação estética do jazz: um jazz jovem e ousado, inovador e livre.

Como desdobramento das noites de quarta, o grupo tem feito festas em parceria com diferentes produtores da cena cultural do Rio de Janeiro e apresentações em algumas das mais importantes casas de shows da cidade – Fundição Progresso, Circo Voador, Teatro Rival, Oi Futuro Ipanema, Rock in Rio, Casa Rosa, Cais do Oriente, entre outras.

No final de 2011, iniciaram a produção de seu primeiro CD e também de seu primeiro grande projeto via Leis do incentivo. Agora o Nova Lapa Jazz quer levar a energia musical do grupo e de seu público para todos os cantos do Brasil.

Ouça a música!



 

Anúncios
Esse post foi publicado em Alegres Trópicos e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.