Caixa de Ferramentas – Dramaturgia

23 a 27 de janeiro de 2012.

A Assessoria de Cultura da Escola SESC de Ensino Médio realizará no período de 23 a 27 de janeiro o projeto Caixa de Ferramentas – Dramaturgia.

O Caixa de Ferramentas tem como princípio criar um espaço de trabalho e capacitação de estudantes e profissionais que queiram se inteirar a cerca de habilidades específicas.

Podem se inscrever estudantes e profissionais das artes cênicas – atores, diretores e dramaturgos, através de ficha de inscrição disponível para download no blog www.teatroescolasesc.wordpress.com.br. A inscrição é gratuita e única para o curso completo e receberão certificados os que comparecerem no mínimo à 90% da programação.

Seja consciente: faça sua inscrição apenas se for participar de todo curso.

Vagas Limitadas: 15 vagas

FICHA DE INSCRIÇÃO, clique aqui.

Envie sua ficha de inscrição para assessoriadeculturaesem@gmail.com e aguarde a confirmação da inscrição.

Manhã – das 9h30 às 12h30.

Oficina de Dramaturgia com Fátima Saadi

Será abordado o processo de criação de sentido a partir da relação entre o texto teatral e os demais elementos cênicos do espetáculo. O ponto de partida serão os 5 textos premiados no I Concurso Jovens Dramaturgos 2011. O objetivo dos encontros será construir teias que coloquem em perspectiva os procedimentos adotados pelos jovens autores, referindo-nos a peças da dramaturgia estrangeira e brasileira que possam ampliar nossa compreensão das filiações e das rupturas desejadas por eles.

Fátima Saadi é tradutora e dramaturgista do Teatro do Pequeno Gesto, no âmbito do qual edita a revista Folhetim e a coleção Folhetim/Ensaios. Graduada em Teoria do Teatro, mestre e doutora em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da UFRJ, lecionou na Unirio e na CAL. Tem colaborado com algumas das principais publicações em teatro do país. Suas traduções mais recentes foram Um manifesto de menos, de Deleuze (in: Sobre o teatro, Jorge Zahar Editor, 2010), O filho natural, de Diderot (Perspectiva, 2008), Emília Galotti, de Lessing e Pai, de Strindberg (Editora Peixoto Neto, 2007), Lenz/Goethe (7 Letras, 2006), O teatro é necessário? (Perspectiva, 2004) e A exibição das palavras (Teatro do Pequeno Gesto, 2002), ambos de Denis Guénoun.

Tarde – das 14h00 às 17h00.

Chá da Tarde

Encontros, aulas-oficinas, palestras e bate-papos com dramaturgos e convidados tratando de temas relativos à dramaturgia.

23/01 – segunda-feira – Ieda Magri e Claudia Sampaio

Os fundamentos do texto para teatro

Nessa aula-oficina propomos a discussão dos elementos específicos do texto para teatro, tais como a ação dramática, a construção da personagem, as rubricas e a imagística. Servirão como guia os livros Formas da literatura dramática, de Ronald Peacock, Teoria do texto 2 (drama), de Salvatore D’Onório, Introdução à dramaturgia, de Renata Pallottini e a Poética, de Aristóteles. As questões teóricas serão ilustradas com a leitura de Perdoa-me por me traíres, de Nelson Rodrigues, que se recomenda seja feita antecipadamente.

Claudia Sampaio é jornalista, mestre em Literatura Brasileira (UERJ-FAERJ) e Doutoranda em Teoria da Literatura (UFRJ-CNPQ/CAPES), com a tese Diálogos, afetos e pensamento lírico: a poesia de Cecília Meireles. Trabalhou em jornal, rádio, televisão, internet e cinema. Tem experiência em redação, roteiro, edição de textos, investigação e preparação de livros. Pesquisadora nas áreas: linguagem, teoria da literatura e poesia, desde 2006. Seus textos podem ser lidos na revista Educação Pública: http://www.educacaopublica.rj.gov.br.

Ieda Magri é graduada em Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Literaturas (2002) e mestre em Teoria da Literatura (2005), pela Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC. Doutora em Literatura Brasileira pela Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ. Em 2007 lançou o livro de ficção Tinha uma coisa aqui (7 Letras) e é editora da revista Anjos do Picadeiro.

 

24/01 – terça-feira – Joana Lebreiro e atores que encenaram a leitura dos textos dos Jovens Dramaturgos

Do texto ao palco: relatos do processo de encenar a leitura dos Textos do Concurso Jovens Dramaturgos

25/01 – quarta-feira – Palestra com Rodrigo Nogueira

26/01 – quinta-feira – Palestra com Roberto Bacci + Vivência Cultural (assistir espetáculo teatral com todos os   participantes do projeto)

 27/01 – sexta-feira – Marcia Zanelatto

Dramaturgia em 3 atos

Os conceitos que envolvem a escrita da história, desde a ideia ao argumento, envolvendo a criação dos personagens; as escolhas que dizem respeito à estrutura através da apresentação das três principais estruturas – a clássica, a anti-estrutura e o minimalismo; e, por fim, algumas considerações à respeito da traiçoeira arte de escrever diálogos.

Marcia Zanelatto começou pela poesia. Ainda com 16 anos, ganhou os prêmios de Melhor Poesia e Melhor Intérprete do Colégio Dom Pedro II e o segundo lugar pela Academia Petropolitana de Poesia, com o poema “1964”. Aos 21 anos, se formou como atriz pela Escola de Teatro Martins Penna, iniciando também sua carreira como diretora e dramaturga com os espetáculos “O Brasil de um menino” e “Esperando Hamlet”. Sua peça ” Eles não usam tênis naique” foi premiada pelo Instituto Ford.  Em seguida, começou uma longa parceria com o diretor e dramaturgo Domingos Oliveira, com quem ganhou como colaboradora os prêmios Shell de Melhor Texto e Kikito de Melhor Roteiro (em Gramado). Aos 32 anos, lançou seu primeiro romance, “Revolucão Guanabara”. Marcia foi vencedora do Seleção Brasil em Cena de 2009, com a peça “Tempo de solidão”, sucesso de crítica e público. Seu mais recente trabalho foi a adaptação de “Filha, mãe, avó e puta” em temporada no CCBB Rio/SP/Brasília.

 

Anúncios

Um comentário em “Caixa de Ferramentas – Dramaturgia

Os comentários estão encerrados.