Colônia de Férias Cultural 2011

 

PROGRAMAÇÃO COLÔNIA DE FÉRIAS 2011

 

18/07 – segunda-feira

14h30 Recepção ao grupo.

Atividade lúdica de chegada à colônia de férias.

15h00 Oficina “O corpo e a música

A oficina O corpo e a música é um projeto que busca através de estratégias que unem música e dança proporcionar a consciência corporal e o desenvolvimento rítmico.

O foco está na importância de o corpo adquirir habilidades e compreensões musicais. Todo movimento interfere na realização da música.

As estratégias utilizadas serão aquelas que possuem a união entre música e dança: percussão corporal, sapateado e o método do passo.

Ministrantes: Rafaeli Mattos e Renato Muniz

Rafaeli é Mestranda em Artes Visuais pela UFRJ – 2011/1, Especialista em Estudos Contemporâneos em Dança –UFBA/FAV. Integrou em 2009 o Projeto Ateliê Coreográfico do Centro Laban RJ e fez parte da Cia Étnica de Dança Teatro e da Cia Helenita Sá Hearp da UFRJ, além de produzir seus trabalhos de dança.

Renato é Musico registrado na Ordem dos Músicos do Brasil, cursando o 3º período de licenciatura em música do Conservatório de Música Brasileira do Rio de Janeiro- CBM-RJ.

16h00 Lanche

16h30 Continuação da oficina O corpo e a música

18h00 Final da atividade.

 

19/07 – terça-feira

14h30 Recepção ao grupo

Atividade lúdica de chegada à colônia de férias.

15h00 Oficina de Desenho Daniel Azulay

A criança, através dos seus desenhos, vivencia temas do seu universo, expressa a cidadania, a proteção ao meio ambiente, os cuidados para uma vida mais saudável e responsável.

A oficina acontecerá em duas etapas. A primeira contará estímulos audiovisuais referentes à temática dos desenhos a serem produzidos. A segunda é a etapa em que as crianças desenvolverão livremente os seus desenhos.

Daniel Azulay desenvolve, há 30 anos, atividades culturais voltadas ao público infantil e a toda família.

16h00 Lanche

16h30 Continuação da Oficina de Desenho Daniel Azulay.

18h00 Final da Atividade

20/07 – quarta-feira

14h30 Recepção ao grupo

Atividade lúdica de chegada à colônia de férias.

15h00 Oficina de construção de Berimbau e brincadeiras de capoeira com Grupo Senzala

O propósito é fazer com que as crianças vivenciem um pouco da cultura popular brasileira de uma maneira lúdica e levem para casa uma lembrança desse aprendizado em forma de um instrumento musical. Isso é importante para as crianças perceberem como a nossa cultura é rica e como ela é capaz de nos proporcionar momentos de muita diversão.

O Grupo Senzala Cultura Popular para a Paz, que existe desde 2009, busca fomentar uma cultura de paz através da prática das manifestações populares brasileiras.

16h00 Lanche

16h30 Continuação da Oficina de construção de Berimbau e brincadeiras de capoeira com Grupo Senzala

18h00 Final da Atividade

 

21/07 – quinta-feira

14h30 Recepção ao grupo.

Atividade lúdica de chegada à colônia de férias.

15h00 Oficina de Animação com Anim!Arte

Os participantes são os protagonistas de vídeos de animação, em que se interage com bonecos articulados, representando personagens e elementos da cultura e do folclore brasileiro. São utilizadas as técnicas de animação stop motion (parada e movimento) e pixilation (animação de pessoas e objetos), através das quais são tiradas diversas sequências fotográficas com uma câmera digital.

O Anim!Arte é um festival de animação, voltado para o público estudantil, e tem como objetivo incentivar a cultura e o crescimento profissional e artístico na área de Animação no Brasil, estimulando, principalmente, o aumento de produções audiovisuais em animação de estudantes.

16h00 Lanche

16h30 Mostra de Filmes Anim!Arte.

Constituída a partir de uma seleção das melhores animações que participam do Festival Anim!Arte em suas diversas categorias: Ensino Médio/Fundamental, Universitários, Estudantes internacionais, e Profissionais brasileiros.

18h00 Final da atividade.

22/07 – sexta-feira

14h30 Recepção ao grupo

Atividade lúdica de chegada à colônia de férias.

15h00 Espetáculo “O homem que amava caixas” (Cia de Teatro Artesanal).

Em um cenário composto de caixas – que se transformam em casa, montanha, castelo e aviões a partir da manipulação direta – atores contracenam com objetos e bonecos.

Embalada por uma trilha minimalista, especialmente composta para a peça e cantada ao vivo pelos atores, o espetáculo surge das imagens construídas pelo jogo cênico. O aspecto lúdico das imagens propõe alcançar a “poesia visual” do livro de King. Mais do que uma simples adaptação do livro, “O homem que amava caixas” é uma incursão no universo imagético e literário do autor. Foi pensado dentro de uma convergência de linguagens – principal linha de pesquisa da Cia. de Teatro Artesanal – que mistura atores, bonecos, máscaras e canto em um espetáculo de alto impacto visual e emocional.

O espetáculo comemora os 16 anos da premiada Cia. de Teatro Artesanal, conhecida e reconhecida pela excelência de suas produções para o público infanto-juvenil.

Autor: Stephen Michael King

Direção: Gustavo Bicalho e Henrique Gonçalves

Elenco: Bruno Oliveira, Márcio Nascimento e Marise Nogueira

Programação aberta a toda família! Não necessita de inscrição na Colônia de Férias!

16h00 Lanche

16h30 Oficina de teatro de animação com a Cia. de Teatro Artesanal.

O teatro de animação é um universo fascinante, um mergulho num mundo do jogo imaginário onde a regra pode ser sempre subvertida. A convenção do jogo pode ser recriada a cada cena. As possibilidades de materiais a serem explorados também são imensas.

A criança pega um graveto e o transforma em caçador; um fio é uma cobra. Ela acredita, cria movimentos e sons que a qualquer observador convenceria. Isso ela faz naturalmente, normalmente, sem vislumbrar necessariamente um público. Ela cria, conta, reinventa várias histórias e situações. O boneco (que pode ser um objeto qualquer) vem a ser ferramenta, material concreto, coisa que as crianças precisam para entender o mundo real e para extravasar sua rica imaginação.

18h00 Final da atividade.

23/07 – sábado

14h30 Recepção ao grupo

15h00 Vivendo no Circo – vivência de linguagem circense

16h00 Lanche

16h30 Espetáculo “Roda Saia Gira Vida” (Teatro de Anônimo)

O espetáculo brinca com o imaginário circense. Tem mágico, malabarista, mulher barbada, perna-de-pau, domador de leões e atirador de facas… Tem até um hilariante strip-tease, ao som de “Jura”, de Sinhô, que acaba no double trapézio ao som de “Rosa”, de Pixinguinha. Ao som de “Lampião de Gás”, de Enezita Barroso, Buscapé tenta executar seu número de diabolô, sempre mal sucedido devido às interrupções do lento partner Prego que, encantado com o brinquedo, atrapalha todas as tentativas de Buscapé.
Palhaços recriam a tradicional gag de uma banda musical. A trupe se despede com o número de Bambu Acrobático, ao som do “Trenzinho Caipira” de Villa-Lobos.

Ficha Técnica:

Direção: Julio Adrião

Supervisão Cênica: Pepe Nuñez

Painel: Hélcio Pugliese

Supervisão de Artes e Adereços: Iz Gobato/ Flávio Souza / Regina Oliveira

Figurinos: Teatro de Anônimo

Fotos: Celso Pereira

Elenco: João Carlos Artigos/ Maria Angélica Gomes/ Fábio Freitas / Regina Oliveira/ Shirley Britto

Programação aberta a toda família! Não necessita de inscrição na Colônia de Férias!

 
24/07 – domingo

14h30 Recepção ao grupo

15h00 Basquete de Rua

Programação aberta a toda família! Não necessita de inscrição na Colônia de Férias!

16h00 Lanche

18h Entrega dos certificados.

Há seis anos, o então jogador de Basquete e hoje professor de Basquete de Rua Wg buscava, em sua caminhada, dar oportunidade para jovens talentos e popularizar a modalidade por todo o Brasil. Wg criou a Clínica de Basquete Arte, juntamente com o projeto Cultura na Cesta que, inicialmente, era voltado para jovens de comunidades. O projeto atentou em fazer integração entre crianças de diferentes níveis sociais, credo ou cor.

A Clínica de Basquete Arte consiste em brincadeiras com muita animação e participação entre os alunos. Ao promover a integração de todos em um mesmo ambiente, a clínica resgata brincadeiras de roda antigas, incluindo o Basquete nos exercícios.

Será realizada uma série de brincadeiras com as crianças com a temática do Basquete. A oficina busca melhorar o condicionamento físico, percepção de espaços, lateralidade, coordenação motora e convivência em grupo, utilizando o lúdico para chegar aos objetivos.

Anúncios

Um comentário em “Colônia de Férias Cultural 2011

  1. Senhores, esta colônia é aberta as crianças ou smente para os alunos da escola Sesc? È só para crianças ou podem ir adultos

Os comentários estão encerrados.