EXPOSIÇÃO O COMPADRE DE OGUN – SERIGRAFIAS CARYBÉ

Projeto ArteSESC

De 08 de outubro a 28 de novembro de 2010
Visitação: Segunda a Sexta, das 10h às 17h

Teatro Escola SESC apresenta:


A exposição é composta de 31 serigrafias assinadas e numeradas por CARYBÉ em 1997, a partir das aquarelas criadas para a abertura do especial realizado pela TV Globo para o Compadre de Ogun, originariamente episódio de Os Pastores da Noite.

Várias são as opções para abordar o tema, através dos recursos de Artes Plásticas em conjunto com Literatura ou separadamente.

CARYBÉ

Hector Julio Páride de Bernabó, conhecido como Carybé (1911-1997), argentino de nascimento e brasileiro por adoção, naturalizou-se em 1957. Desenhista, pintor, escultor, apaixonado pela cultura brasileira, identificou-se com a Bahia, onde absorveu e traduziu em arte as personagens que ilustram as histórias de Gabriel García Márquez e Rubem Braga. Com Jorge Amado, ficou mais conhecido nas obras: Sumiço da Santa, Tenda dos Milagres, Tereza Batista Cansada de Guerra e Pastores da Noite.

Os traços simples, que chegam ao essencial da figura de cores vibrantes, oferecem um conjunto de imagens em movimento, revelando cenas do cotidiano baiano: batismo, candomblé, cenas de bar, de rua, becos, ao lado de tipos populares como mães-de-santo, pescadores, prostitutas. O artista aparece também disfarçado em uma das aquarelas como um dos personagens da história, tal a fusão de sua vida com a vida da Bahia.

Deixou mais de 4.000 trabalhos, entre pinturas, desenhos, esculturas e esboços. Além de artista plástico foi pandeirista do Bando da Lua, grupo que acompanhava Carmem Miranda, bom dançarino e contador de histórias.

Faleceu no terreiro de candomblé Ilê Axé Opô Afonjá, em Salvador, em Outubro de 1997.


Mais informações:
(21) 3214-7404
assessoriadeculturaesem@gmail.com


Anúncios